Nosso
Blog

Compartilhar:

Tipos de plano de saúde: individual, adesão ou empresarial

De acordo com dados da Agência Nacional de Saúde (ANS), nos últimos 10 anos, quase 5 milhões de brasileiros aderiram a diversos tipos de plano de saúde. No total, são quase 50 milhões de beneficiários de saúde privada no Brasil.

Mesmo assim, muitas pessoas ainda têm dúvidas na hora de contratar um plano de saúde, afinal há vários tipos, coberturas, operadoras, administradoras e uma infinidade de termos que podem te deixar confuso.

Contar com saúde particular de qualidade é um desejo da maioria das pessoas, então vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre os tipos de plano de saúde antes de contratar o seu.

Individual ou familiar

No plano de saúde individual ou familiar você procura uma operadora de saúde para contratar seu plano, tendo como intermediário um corretor devidamente autorizado. Esses dois tipos de plano de saúde têm carência e a cobertura varia de acordo com o modelo escolhido. O consumidor paga diretamente para a operadora do plano.

Os corretores de planos de saúde são os representantes das operadoras junto ao cliente. A atuação desse profissional é regulamentada por um órgão federal: a Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Já a atuação das operadoras de planos de saúde é regulamentada pela Agência Nacional de Saúde (ANS), que autoriza a atuação e fiscaliza as atividades.

Planos de saúde coletivos

No mercado brasileiro estão disponíveis dois tipos de plano de saúde coletivos: o coletivo por adesão e o coletivo empresarial.

1. Coletivo por adesão

No plano de saúde coletivo por adesão, uma associação profissional ou sindicato faz a contratação do plano junto a uma operadora de saúde. Para aderir ao plano, o cliente deve estar vinculado com a associação ou sindicato. Esse tipo de plano também possui carência (exceto para aqueles que ingressarem no plano em até 30 dias da assinatura do contrato ou no aniversário do mesmo) e a cobertura varia de acordo com o modelo escolhido. Nesse caso, a cobrança é feita diretamente ao consumidor, por uma administradora de benefícios ou pela própria associação ou sindicato.

A administradora de benefícios atua como intermediária entre o contratante e a operadora do plano de saúde, e tem a responsabilidade de representar os beneficiários no momento da negociação do contrato, emitir boletos, negociar aumentos, entre outras atividades. Por esse trabalho, a administradora costuma receber uma parte do valor das mensalidades e também tem seu trabalho acompanhado pela ANS.

2. Coletivo empresarial

No plano de saúde coletivo empresarial, a empresa onde você trabalha faz a contratação do plano junto à operadora. Para aderir, é necessário ter vínculo empregatício com a empresa contratante. Esse tipo de plano também tem carência (exceto para contratos com 30 ou mais beneficiários e para aqueles que ingressam no plano em até 30 dias da assinatura do contrato) e a cobertura também varia conforme o modelo contratado pela empresa. O pagamento é feito diretamente pela empresa contratante ou pela administradora de benefícios.

Plano de Saúde para MEI

Uma modalidade de atuação profissional que tem crescido muito nos últimos anos é a de Microempreendedor Individual (MEI). Você que é MEI já pode contratar o seu plano de saúde e ter até 35% de desconto em relação ao plano individual. Seu plano funcionará exatamente da mesma maneira que o plano de saúde empresarial. Geralmente é preciso incluir mais uma pessoa no plano, que pode ser um funcionário ou dependente seu.

Quem pode ter um plano coletivo empresarial?

Empregados, servidores públicos, aposentados, demitidos, administradores, sócios e estagiários da empresa contratante. Os familiares podem ser incluídos como dependentes, desde que tenham até o segundo grau de parentesco por afinidade e terceiro grau consanguíneo, além de cônjuge ou companheiro.

Como são feitos os ajustes das mensalidades?

Os planos de saúde podem ter aumento quando houver avanço de faixa etária, segundo critérios estabelecidos pela ANS, além da possibilidade de aumento anual, no aniversário do contrato. No caso dos planos coletivos, o reajuste é calculado a partir das normas estabelecidas no contrato e negociadas por ambas as partes.

Tipos de plano de saúde: qual é a melhor opção?

A melhor opção entre os tipos de plano de saúde varia de acordo com o seu perfil, com seu modo de atuação no mercado de trabalho e com as suas necessidades. Saiba como a equipe especializada da Dosea pode te ajudar a encontrar o plano de saúde perfeito para você e sua família!

Fonte:
Por: Ana Carolina Dantas.

Faça uma Cotação

Fale Conosco pelo WhatsApp
Comercial Sidinha Silva (079) 99127-8894
Converse conosco no WhatsApp