Nosso
Blog

Compartilhar:

A oferta de benefícios para retenção de funcionários

Você sabia que o Brasil, atualmente, ocupa a primeira posição no ranking mundial de turnover de funcionários? Esse dado é bastante preocupante, pois reflete um problema de grandes proporções para as empresas. No entanto, o que muitas organizações ainda não se deram conta é que ele pode ser prevenido com ações, como oferecer benefícios para retenção de funcionários.

Essa ação contribui para atrair e reter talentos, elevar níveis de motivação e engajamento, manter a produtividade em alta e o absenteísmo em baixa, entre outras coisas.

Neste artigo, saiba mais sobre o papel estratégico dos benefícios para retenção de funcionários. Acompanhe.

Como o turnover prejudica uma empresa?

Altos índices de rotatividade de pessoal (turnover) contribuem para diversos problemas organizacionais, tais como:

  • Mais custos para a empresa: processos de desligamento, anúncio de vagas, recrutamento, seleção, treinamento de novos funcionários - tudo isso eleva os gastos das empresas.
  • Queda de produtividade: trocar membros da equipe com frequência ou ficar com menos pessoal, enquanto corre o processo de seleção, é uma questão que contribui para que os funcionários atuais fiquem sobrecarregados e a produtividade geral da empresa seja prejudicada.
  • Perda de inteligência organizacional: os funcionários, sobretudo os mais antigos, quando saem da empresa levam consigo também parte do conhecimento sobre suas tarefas, processos, contatos, melhores práticas. Assim, seus conhecimentos e habilidades deixam de fazer parte da inteligência da empresa.

Motivos que levam à rotatividade de funcionários

De acordo com os dados do ranking citado sobre turnover no país, entre os principais motivos para a alta rotatividade estão:

  • Insatisfação com remuneração;
  • Falta de valorização e reconhecimento;
  • Desmotivação com o trabalho;
  • Preocupação com o futuro do negócio da empresa.

O papel dos benefícios para retenção de funcionários

Oferecer benefícios para retenção de funcionários é uma estratégia bastante eficiente para lidar com diversos problemas que causam os desligamentos voluntários. Eles ajudam a demonstrar que a empresa se preocupa com o funcionário, com sua saúde e bem-estar, que reconhece a importância do colaborador, ajuda a motivar as equipes com seu trabalho e com a empresa, entre outras questões. Tudo isso culmina com um cenário bastante favorável para promover a retenção de talentos.

Um levantamento demonstrou que mais de 50% dos profissionais trocariam de emprego em função dos benefícios oferecidos pela empresa. Dados como esse demonstram como os benefícios para retenção de funcionários são elementos-chave para a atração e fidelização dos talentos.

Quais benefícios para retenção de funcionários podem ser oferecidos?

Entre os benefícios para colaboradores, há aqueles que são exigidos por lei e aqueles opcionais. Entre os mais comuns e esperados pelos profissionais destacam-se:

1. Plano de saúde

Cada vez mais, as pessoas estão percebendo que a saúde é seu maior bem. Assim, levando-se em conta também as limitações de nosso sistema público de saúde, ter um plano de saúde é um objetivo bastante almejado, sendo o benefício mais valorizado pelos funcionários no Brasil.

Outro dado que demonstra que, entre os benefícios para retenção de funcionários, o plano de saúde se destaca, é o trazido por uma pesquisa que demonstrou que os profissionais se sentem 38% mais motivados quando o empregador demonstra preocupação com o seu bem-estar.

Vale lembrar que, além de ser muito importante para a atração e retenção de talentos, o plano de saúde pode ajudar a organização a reduzir o absenteísmo, despesas médicas por acidente de trabalho, elevar a produtividade e os níveis de engajamento, entre outras coisas. 

2. Vale-refeição

O vale-refeição é um dos benefícios para retenção de funcionários mais essenciais para os profissionais que trabalham em regime integral. Hoje esse benefício é mais comumente oferecido por meio de cartões com créditos para serem utilizados como pagamento para as principais refeições do trabalhador. 

3. Vale-alimentação

Por sua vez, o vale-alimentação é uma espécie de evolução da tradicional cesta básica. Também mais usualmente ofertado no formato de cartão, ele pode ser utilizado de forma mais abrangente e com mais liberdade de escolha pelo funcionário para fazer compras em supermercados, padarias, açougues, entre outros estabelecimentos. 

4. Rede de convênios

Esse benefício flexível, que é ofertado a partir de parcerias feitas pela empresa com outros negócios (como academias, farmácias e salões de beleza), apresenta um formato escalável, que pode contar com inovações e novas parcerias rotineiramente, sendo um atrativo a mais para os colaboradores elevarem seu poder aquisitivo, mesmo sem aumento direto de seu salário. 

Que tal começar a ofertar ou melhorar seu pacote de benefícios para retenção de funcionários? Saiba como a Dosea Corretora de Seguros ajudou mais de 300 empresas a contratar plano de saúde.

Fonte:
Por: Dosea Seguros

Faça uma Cotação

Fale Conosco pelo WhatsApp
996422811
Comercial Stephane Silva (079) 99127-8894